NOTÍCIAS

Postado em 18 de Agosto de 2017 às 08h04

Sinjusmat entende que decisão do CNJ não atinge Servidores

SINJUSMAT Após repercussão nacional referente ao pagamento de passivos de Magistrados realizado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso o CNJ determinou o sobrestamento de todo e qualquer pagamento relativo a...

Após repercussão nacional referente ao pagamento de passivos de Magistrados realizado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso o CNJ determinou o sobrestamento de todo e qualquer pagamento relativo a passivos dos Magistrados.

O Sinjusmat buscou conhecer o inteiro teor da decisão a fim de constatar o alcance de seus efeitos – se afetam ou não os passivos de Servidores. Da análise concluiu-se que a decisão do CNJ se refere somente aos passivos de Magistrados e não implicarão sobrestamento de pagamentos de passivos de Servidores.

Por este motivo o Sinjusmat protocolou ao Presidente do Tribunal de Justiça requerimento para que dê continuidade ao cronograma de pagamento referentes à licenças-prêmio, abono pecuniário, designações, compensatórias de aposentados, passivos de progressões e outros créditos já apurados e provisionados por essa respeitável Administração

Imprensa Sinjusmat

Veja também

SINJUSMAT QUESTIONA CONSTITUCIONALIDADE DO MTPREV E CONSEGUE DECISÃO FAVORÁVEL26/09/17 O SINJUSMAT por meio de uma ação direta de inconstitucionalidade questiona a aplicação da Lei Complementar Estadual de n°. 560/2014, a qual criou a autarquia Mato Grosso Previdência - MTPREV, bem como trouxe diversos dispositivos afrontadores da Constituição do Estado de Mato Grosso que vem atentando contra as situações jurídicas......
Comitê Gestor se empenha em valorizar servidores20/07/17 Redesenhar a estrutura do Poder Judiciário de Mato Grosso é apenas uma das funções do Comitê Gestor de Gestão de Pessoas, criado e implantado neste ano na Justiça Estadual Mato-grossense. O grupo é......

Voltar para Notícias