Notícias › Sinjusmat entende que decisão do CNJ não atinge Servidores

SINJUSMAT Após repercussão nacional referente ao pagamento de passivos de Magistrados realizado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso o CNJ determinou o sobrestamento de todo e qualquer pagamento relativo a...

Após repercussão nacional referente ao pagamento de passivos de Magistrados realizado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso o CNJ determinou o sobrestamento de todo e qualquer pagamento relativo a passivos dos Magistrados.

O Sinjusmat buscou conhecer o inteiro teor da decisão a fim de constatar o alcance de seus efeitos – se afetam ou não os passivos de Servidores. Da análise concluiu-se que a decisão do CNJ se refere somente aos passivos de Magistrados e não implicarão sobrestamento de pagamentos de passivos de Servidores.

Por este motivo o Sinjusmat protocolou ao Presidente do Tribunal de Justiça requerimento para que dê continuidade ao cronograma de pagamento referentes à licenças-prêmio, abono pecuniário, designações, compensatórias de aposentados, passivos de progressões e outros créditos já apurados e provisionados por essa respeitável Administração

Imprensa Sinjusmat

Voltar para Notícias