NOTÍCIAS

Postado em 13 de Janeiro de 2017 às 10h13

Avanços da categoria são atribuidos a postura da liderança

SINJUSMAT Mais um ano se inicia e com ele novos projetos são traçados, novas metas são propostas, novos desafios se apresentam e, mais uma vez, a fé e a esperança se renovam. Mas tão importante quanto...

Mais um ano se inicia e com ele novos projetos são traçados, novas metas são propostas, novos desafios se apresentam e, mais uma vez, a fé e a esperança se renovam. Mas tão importante quanto projetar o futuro é olhar para trás e reconhecer os objetivos alcançados. O ano de dois mil e dezesseis foi um ano vitorioso onde muitos de nossos direitos foram implementados e trouxeram tranquilidade e satisfação aos Servidores.

Há muito o Sinjusmat e Servidores vêm clamando por justiça, buscando repetidamente a concretização de seus direitos, mas isso foi possível devido a determinação de uma liderança que conduziu o Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso com o firme propósito de proporcionar evolução contínua da prestação jurisdicional e aperfeiçoamento dos servidores, considerando-os importantes colaboradores na entrega do produto final à sociedade, formando assim uma estrutura sólida de cooperação e produtividade. Muito além dos desafios institucionais, adotou uma postura humana e demonstrou grande preocupação com as questões dos Servidores não medindo esforços para implementar e reconhecer os seus diretos. Com suas atitudes devolveu aos Servidores a certeza de que existe justiça e a perspectiva de iniciarmos o ano de 2017 com novas conquistas e melhorias para todos.

O Sinjusmat, em nome dos Servidores do Poder Judiciário, vem externar os mais sinceros agradecimentos ao Exmo. Senhor Desembargador Paulo da Cunha, à Exma. Senhora Desembargadora Clarice Galdino da Silva e Exma. Senhora Desembargadora Maria Erotildes Kneip Baranjak, assim como a toda a equipe que compôs sua administração, pela atenção, respeito e dedicação dispensados às questões relativas aos direitos dos Servidores do Poder Judiciário.

Rosenwal Rodrigues dos Santos
Presidente do Sinjusmat
 

Veja também

Conselho da Magistratura reconhece direito a acúmulo de cargos de servidores do judiciário26/02 Em decisão proferida no dia 20 de fevereiro, o Conselho da Magistratura do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso reconheceu o direito ao acúmulo de funções por parte de servidores efetivos, após recurso impetrado pela assessoria jurídica do Sinjusmat contestando decisão anterior do então presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos Ribeiro, que havia negado estes acúmulos de funções. O Conselho......

Voltar para Notícias