NOTÍCIAS

Postado em 23 de Maio de 2018 às 22h31

Poder Judiciário decreta ponto facultativo durante jogos do Brasil na Copa do Mundo

SINJUSMAT O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) divulgou na manhã desta sexta-feira (11) a Portaria 629/2018-PRES, que versa sobre ponto facultativo em dias de jogos da Copa do Mundo FIFA 2018, com a...

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) divulgou na manhã desta sexta-feira (11) a Portaria 629/2018-PRES, que versa sobre ponto facultativo em dias de jogos da Copa do Mundo FIFA 2018, com a participação da Seleção Brasileira de Futebol.

A medida visa o planejamento das atividades forenses e melhor prestação jurisdicional. A portaria foi disponibilizada na Edição nº 10254 do Diário da Justiça Eletrônico (DJE) desta sexta-feira, 11 de maio.

A medida leva em consideração a Resolução n. 018/2014/DTP, que regulamenta o horário de expediente e a jornada de trabalho na Justiça Estadual mato-grossense.

De acordo com o documento, o dia 22 de junho, sexta-feira, será ponto facultativo no âmbito do Poder Judiciário de Mato Grosso, em razão do jogo Brasil x Costa Rica. No dia 27 de junho, quarta-feira, o expediente ocorrerá das 8h às 12h, em virtude do jogo Brasil x Sérvia.

Conforme a Portaria os prazos processuais que vencerem nestes dias ficam prorrogados para o primeiro dia útil subsequente.

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira
http://www.olhardireto.com.br

Veja também

Senado analisa projeto que visa demissão de Servidores estáveis por insuficiência de desempenho13/09/17 O projeto de lei do Senado que prevê a perda do cargo do servidor público estável por “insuficiência de desempenho” é o item 44 da pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado desta quarta-feira, 13, a partir das 10h. O projeto de lei é de autoria da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE). O relatório......
SOMOS DE LUTA - ESCLARECE O SINJUSMAT09/02/18 O Sinjusmat por dever de bem informar sobre a sua atuação, comunica à sociedade e, principalmente, aos Servidores do Poder Judiciário que a Dr. Célia Vidotti contrariando o entendimento que o Sindicato poderia exigir o......

Voltar para Notícias