NOTÍCIAS

Postado em 09 de Julho de 2018 às 14h55

Servidores acompanham SINJUSMAT no julgamento da Ação dos 48,35%

SINJUSMAT Na manhã desta segunda-feira (09), às 8:30 da manhã o SINJUSMAT, acompanhado de Servidores da Capital, Várzea Grande e Dom Aquino, fez-se presente na Sessão de Julgamento da Ação que...

Na manhã desta segunda-feira (09), às 8:30 da manhã o SINJUSMAT, acompanhado de Servidores da Capital, Várzea Grande e Dom Aquino, fez-se presente na Sessão de Julgamento da Ação que reconhece o direito a incorporação de 48,35% aos subsídios dos Servidores do Poder Judiciário Mato-grossense.

O reconhecimento deste direito decorre de previsão constitucional que determina aos Poderes Públicos a implementação do percentual referente as perdas inflacionárias anuais a todos os Servidores Públicos do país. Este direito não foi implementado pelo Judiciário no período compreendido entre os anos de 1998 até 2003, gerando uma defasagem remuneratória no importe de 48,35%.

A sentença de primeiro grau reconheceu este direito. O processo se encontra, agora, sob análise do segundo grau de jurisdição. É justamente este julgamento que o está acompanhando atentamente, na certeza de que os nobres Julgadores da Câmara de Direito Público farão justiça confirmando o direito dos Servidores.

Este processo constou da pauta de julgamento da manhã desta terça-feira (09). No entanto, seu julgamento foi adiado sob a alegação de suspeição do Desembargador Márcio Vidal que alegou ter uma pessoa da família que se beneficiaria da decisão. Por esta razão o processo deve ser incluso na pauta de julgamento do próximo dia 23 de julho, às 8:30 horas, no plenarinho do Tribunal de Justiça.

Segundo Geane Lina Teles, presidente em exercício, “trata-se de um momento ímpar na história dos Servidores do Judiciário, quando poderão ser solucionados todos seus problemas remuneratórios”. E CONCLAMA A TODOS PARA QUE COMPAREÇAM na próxima sessão de julgamento da Ação marcada para o dia 23 de julho, às 8:30 da manhã, no plenarinho do tribunal de justiça.


O SINJUSMAT agradece a presença daqueles que se dispuseram a estar conosco nesta manhã.
 

Veja também

Justiça dá 3 dias para Estado explicar atrasos antes de decidir bloqueio de R$ 250 milhões01/02/18 A juíza Celia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular de Cuiabá, deu um prazo de 72 horas para que o Governo do Estado se manifeste, através da Procuradoria Geral do Estado, sobre a ação proposta pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat). A entidade pede o bloqueio de R$ 250 milhões......
VITÓRIA DA UNICIDADE SINDICAL14/02 Justiça do Trabalho acata ação do SINJUSMAT e veta divisão da base dos Servidores do Poder Judiciário em Mato Grosso O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso – SINJUSMAT,......
Sinjusmat homenageia os Servidores Públicos26/10/16 Nossa homenagem é para você que faz o servir como missão de vida, dedicando seu trabalho, seus conhecimentos técnicos e experiências profissionais, à nobre tarefa de prestar serviços à sociedade. Neste......

Voltar para Notícias