NOTÍCIAS

Postado em 08 de Janeiro de 2018 às 18h32

Servidores do TJ devem entrar na justiça contra governo para garantir direitos

SINJUSMAT O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso Sinjusmat, diante da inusitada situação enfrentada pelo Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, decide requerer ao Tribunal de...



O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso Sinjusmat, diante da inusitada situação enfrentada pelo Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, decide requerer ao Tribunal de Justiça informações e documentos que servirão de embasamento para possíveis ações em prol dos direitos dos Servidores.

O Sinjusmat tem acompanhado a elaboração dos cálculos de passivos dos Servidores e, principalmente, tem requerido seu pagamento à Administração do TJMT. A Administração, por sua vez, demonstrou total interesse em seu pagamento, autorizando o adimplemento, condicionado ao repasse financeiro que deveria ser efetuado pelo Governo do Estado.

Ocorre que este repasse não ocorreu de forma integral, frustrando o recebimento de direitos adquiridos dos Servidores do Judiciário. Portanto, a medida adotada pelo Governo do Estado em não repassar o duodécimo integral ao Poder Judiciário, além de ferir a autonomia dos Poderes, apresenta reflexos diretos nos diretos dos Servidores da instituição, legitimando o SINJUSMAT a tomar as medidas necessárias para sua regularização.

Os Servidores do Judiciário já tiveram seus subsídios pagos em atraso por dois meses no ano de 2017.

Fonte: http://muvucapopular.com.br/noticias/governo/95227

Redação 06/01/2018 10:51:48

Veja também

Com quase R$ 90 milhões de repasse atrasado, Tribunal de Justiça cobra Estado11/01/18 O Governo do Estado deve R$ 89,8 milhões ao Tribunal de Justiça, referente ao duodécimo de novembro, que foi pago parcialmente, e dezembro, que não foi pago. A cobrança foi feita por meio de uma nota de esclarecimento divulgada pelo TJ no início da noite dessa quarta (10), na qual pontua quais valores já foram recebidos. O montante foi informado pela secretaria de......
NOTA DE REPÚDIO - FACADA NAS COSTAS DOS SERVIDORES PÚBLICOS27/09/18 NOTA DE REPÚDIO AO PRONUNCIAMENTO EM VÍDEO (MÍDIAS SOCIAIS) FEITO PELA CANDIDATA AO SENADO POR MATO GROSSO JUÍZA SELMA ARRUDA (NR.170/PSL), ONDE AFIRMA QUE O FUNCIONÁRIO PÚBLICO, EM GERAL, É MUITO NUMEROSO,......
Comitê Gestor se empenha em valorizar servidores20/07/17 Redesenhar a estrutura do Poder Judiciário de Mato Grosso é apenas uma das funções do Comitê Gestor de Gestão de Pessoas, criado e implantado neste ano na Justiça Estadual Mato-grossense. O grupo é......

Voltar para Notícias